Reposição hormonal, quando fazer?

Posted on Sep 19 2012 - 7:53am by cristina.castillo@pannacottagroup.com

Uma prática muito comum é a reposição hormonal. Entretanto será que é segura? Há reações adversas a partir do tratamento? Seguem aqui algumas informações para você cuidar direito da sua saúde.

 

reposicao hormonal para mulheres

 

Com a menopausa, vários hormônios deixam de ser fabricados pelos ovários e precisam ser repostos artificialmente. As taxas de reposição precisam ser menores ou iguais às produzidas pelos ovários ao longo da vida, com o objetivo de dar proteção ao coração e ossos.
Esse défcit de hormônios causa diversas complicações à saúde da mulher: calores súbitos, ressecamento na vagina e pele, dor em articulações, entre outros. Caso não haja acompanhamento especializado, taxas de colesterol podem aumentar, levando a doenças cardiovasculares.

 

mulher menopausa

 

O tratamento pode ser administrado segundo vários métodos. No caso de estrogênio: oral, transdérmico (adesivos sobre pele), gel de absorção, nasal (inalação de spray), implantes. Para progesterona, apenas existe via oral. A dosagem de hormônio será prescrita por endocrinologista ou ginecologista, de forma personalizada.

 

 

adesivo hormonal

 

Os prós e contras do procedimento variam de acordo com a individualidade genético-biológica, daí a importância de acompanhamento médico. Os benefícios para a saúde da mulher na menopausa: alívio de climatérios e de ressecamento genital, decorrente melhora na relação sexual, infecções em partes íntimas e incontinência urinária. Isso somado à melhora no tônus cutâneo e prevenção à osteoporose e doenças cardíacas e câncer digestivo.

 

 

saude da mulher menopausa

 

Os riscos são: câncer de óvario, endométrio e mama. Trombose espontânea foi também verificada, embora em casos raríssimos. Nessas ocorrências a terapia deve ser interrompida.
E você, formou opinião sobre a reposição hormonal? Lembre-se: cuidados com o corpo são fundamentais! Cuide-se!