Como introduzir a mesada para os filhos

Posted on Oct 9 2012 - 12:25pm by cristina.castillo@pannacottagroup.com

Lidar com o dinheiro é uma das maiores dificuldades de uma grande parte da população. E isso não significa que as pessoas inadimplentes agem com má fé. Às vezes, elas simplesmente têm dificuldades de administrarem suas contas. Quem apresenta uma personalidade muito consumista desde a infância provavelmente terá problemas no futuro. Mas este problema pode ser facilmente contornável quando trabalhado através da educação dada pelos pais.

 

mulher roupas femininas

 
É muito importante que as crianças aprendam a cuidar do próprio dinheiro desde cedo. Os pais devem instituir a prática de dar mesada aos filhos assim que ele tiverem capacidade para calcular seus gastos, em torno de 7 ou 8 anos. O valor deve ser o suficiente para que ele consiga comprar algumas coisas, como álbum de figurinhas e chocolates com surpresas, além de controlar seus gastos diários (lanches na escola).

 

filhos mesada dinheiro

 
A família também tem papel fundamental na orientação. É necessário explicar para os filhos como administrar o que ganham. Por exemplo, gastar toda a mesada em balas e chicletes não é uma boa prática. Porém, juntar um pouco todo mês até conseguir o valor de um determinado brinquedo que ele deseja, pelo contrário, é a melhor alternativa para impor limites e mostrar a importância da economia em médio prazo.

 

jogos educativos
Uma dica interessante para quem se preocupa com a educação financeira dos filhos é investir em jogos que trabalhem com compra e venda. O Banco Imobiliário, por exemplo, dá uma boa noção sobre investimentos e planejamentos monetários. Durante a diversão que envolve toda a família, os pequenos aprendem importantes lições.

 

filhos mesada
Outra técnica recomendada pelos psicoterapeutas infantis é mostrar a importância do trabalho. As crianças precisam perceber que seus pais se comprometem com o que fazem, fator que afeta diretamente os níveis de responsabilidade. Afinal, segundo o ditado popular, o bom exemplo vem de casa!